Blog do Praetzel

Arquivo : negociação

Palmeiras abre negociação e Tchê Tchê pode deixar o clube
Comentários Comente

Alexandre Praetzel

Tchê Tchê pode deixar o Palmeiras. O clube recebeu um contato do Dynamo de Kiev e abriu conversas. O blog apurou que valores estão sendo discutidos a partir de três milhões de euros. Se os ucranianos chegarem no número exigido pela diretoria, Tchê Tchê será negociado. Pessoas próximas ao jogador entendem que se for algo bom para o atleta, é um bom momento para seguir para o futebol europeu. Além do Dynamo de Kiev, PAOK da Grécia e Besiktas da Turquia, também fizeram sondagens.

Tchê foi contratado em 2016, após o vice-campeonato paulista pelo Audax. Foi titular do time de Cuca, campeão brasileiro daquele ano. Em 2017, manteve a titularidade. Em 2018, perdeu a posição para Bruno Henrique, mas é considerado um jogador útil para o elenco.

No Palmeiras, Tchê Tchê fez 110 jogos e marcou cinco gols. Está com 25 anos e tem contrato até o final de 2019.


São Paulo já desvalorizou Diego Souza. Jogador também precisa se ajudar
Comentários Comente

Alexandre Praetzel

O São Paulo gastou R$ 10 milhões para contratar Diego Souza, considerando o jogador um grande reforço para 2018. Ele recebeu a camisa 9 e chegou ao Morumbi com status de convocável para a Copa do Mundo, após atuar pelo Sport, com gols importantes e chamados do técnico Tite. Quatro meses depois, Diego Souza já é negociável. Perdeu espaço entre os titulares e viu o técnico Diego Aguirre dizer, após o empate contra o Ceará: “Conto com Diego Souza, mas ele tem ofertas. Será decidido dentro do clube. Ele é importante, mas depende da postura dele também”.

Aguirre foi apresentado no dia 12 de março. Quarenta e um dias depois, o treinador já não conta com Diego Souza. Já o deixou fora de uma partida por opção. Num curto prazo, Aguirre concluiu que Diego não serve. Ou quando negociava, já o avisaram que Diego Souza estava mal? Mas o que fazer para recuperar o investimento? A contratação foi uma convicção de Raí e cia, em dezembro. O blog lista a má administração do assunto e os erros cometidos, abaixo.

– Dorival Jr. não pediu a contratação de Diego Souza. Foi um nome contratado pelo clube. O treinador queria escalá-lo como meia, vindo detrás;

– Diego Souza foi trazido como centroavante, porque se vendeu a ideia de que ele poderia ir para a Copa do Mundo, como jogador de área. Chegou fora de forma;

– Aguirre já decretou que Diego Souza perdeu espaço no grupo. Assim, o São Paulo dificilmente vai recuperar o dinheiro investido na sua contratação;

– Diego Souza não se ajuda. Há quem diga que não interage com os companheiros, não treina com tanta disposição e mostra-se desanimado.

Agora, emprestá-lo para qualquer clube e ainda pagar boa parte do salário, mostrará que a diretoria do São Paulo está brincando com a gestão. O Vasco tentou, o São Paulo pediu o garoto Evander na troca. O Vasco não quis, num primeiro momento.

Neste instante, o papel do treinador não deveria ser a tentativa de recuperar o jogador, tecnicamente? O São Paulo era mais forte nas suas direções, recentemente. Parece que até isso perdeu, com decisões como essa.

Num futebol, onde os clubes brasileiros sofrem com a falta de dinheiro, diariamente, gastar R$ 10 milhões num jogador de 33 anos e desvalorizá-lo rapidamente, é valorizar a incompetência. De todos os lados.


Bahia e Palmeiras negociam novo empréstimo de Allione
Comentários Comente

Alexandre Praetzel

Palmeiras e Bahia negociam um novo empréstimo de Allione. Os contatos já foram feitos entre as duas diretorias para um acordo até dezembro. O blog apurou que o técnico Guto Ferreira pediu a volta do argentino, com quem trabalhou no primeiro trimestre de 2017, conquistando a Copa do Nordeste. Allione manteve o bom desempenho durante a temporada e retornou ao Palmeiras com possibilidades de aproveitamento na equipe.

“Sim. Existe a possibilidade. Há outros interessados também”, afirmou uma fonte do Palmeiras ao blog, sem mencionar as outras equipes.

Contratado do Vélez Sarsfield da Argentina, em 2014, Allione desembarcou com cartaz de grande promessa argentina. Não conseguiu vingar no Palmeiras, após algumas lesões e problemas de adaptação. No Verdão, disputou 71 jogos e marcou sete gols.

Roger Machado elogiou o meia e pediu sua permanência no elenco. No entanto, depois das primeiras semanas de treinamentos, Allione parece ter perdido espaço, tanto que ficou fora da lista de inscritos para o Campeonato Paulista.

 


Mina tem dia decisivo no Palmeiras. Tendência é ir para o Barça agora
Comentários Comente

Alexandre Praetzel

Mina e o seu tio e empresário, Jair Mina, estarão na Academia de Futebol, nesta sexta-feira. Os dois terão uma conversa com o diretor-executivo, Alexandre Mattos, sobre o futuro próximo do jogador. O blog apurou que o zagueiro gostaria de sair para o Barcelona, neste mês de janeiro. A diretoria já admite essa possibilidade.

O clube espanhol tem a prioridade na aquisição do colombiano e sinalizou com uma oferta de 13 milhões de euros(R$ 50,5 milhões). O Palmeiras tem 80% dos direitos econômicos e o Santa Fé da Colômbia, os outros 20%. Caso o negócio seja concretizado, o Verdão ficará com R$ 40,4 milhões. Lembrando que Mina foi adquirido por R$ 12 milhões, pagos pelo ex-presidente Paulo Nobre, em 2016.

Mina deverá ser convocado pela Seleção colombiana para a data Fifa de março e para a Copa do Mundo, se apresentando no final de maio. Como depois do Mundial, a saída já está prevista, o Palmeiras deve finalizar a transação, acatando a vontade do atleta.

Mina está com 23 anos. Disputou 49 jogos e marcou nove gols pelo Palmeiras. Foi Campeão Brasileiro, em 2016, como um dos destaques da competição.


Barrios terá que ressarcir o Palmeiras para ser liberado
Comentários Comente

Alexandre Praetzel

Lucas Barrios só depende de si para deixar o Palmeiras. O blog apurou que o atacante tem acerto encaminhado com o Grêmio, mas terá que ressarcir o Palmeiras, para acertar sua saída. A diretoria do Verdão quer a devolução de valores adiantados ao jogador, quando ele foi contratado, em 2015. Se Barrios aceitar, será liberado pelo Palmeiras.

A provável saída de Barrios determinará uma economia de R$ 18 milhões, entre salários e impostos. O contrato de Barrios é válido até junho de 2018. O paraguaio deixou a concentração do Verdão, ontem à noite, autorizado pela diretoria.

O blog fez contato com o vice-presidente de futebol do Grêmio, Odorico Roman, sobre o andamento da negociação entre os clubes e a possibilidade da cessão de percentuais de algum atleta tricolor ao Palmeiras.

“A contratação não está fechada. Nenhum jogador do Grêmio está envolvido no negócio, até o momento”, respondeu Roman.

Barrios está com 32 anos e deverá assinar um contrato de três anos com o Grêmio, caso a transação seja concretizada. Pelo Palmeiras, Barrios disputou 45 jogos e marcou 14 gols.


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>