Blog do Praetzel

Arquivo : Deyverson

Deyverson elogia futebol brasileiro e diz que faltam 10% para se adaptar
Comentários Comente

Alexandre Praetzel

Deyverson chegou ao Palmeiras, indicado pelo técnico Cuca. Desembarcou por cinco milhões de euros, após boa temporada pelo Alavés da Espanha. Jogador brigador, de força física, o atacante ainda não caiu nas graças da torcida, mas vem evoluindo nas suas atuações. Na vitória sobre o Coritiba, participou ativamente da partida e foi bastante aplaudido, quando foi substituído por Borja. Em entrevista exclusiva ao blog, Deyverson acredita na adaptação total nos próximos jogos e na possibilidade de sonhar com o título brasileiro. Confira a seguir.

Foi tua melhor partida, desde que você chegou ao Palmeiras?

Eu estou muito feliz, pela equipe ter ganho. Para eu ser o melhor do jogo, dependo dos meus companheiros, tanto os que estão jogando e os que estão de fora, que me dão muito apoio. Muito feliz pela partida e pela vitória.

Ainda falta um pouco para se adaptar ao futebol brasileiro ou você já está tranquilo?

Acho que estou 90% adaptado. Falta entender um pouquinho o que os meus companheiros querem para poder me adaptar 100%.

Dá para buscar o título brasileiro, 13 pontos atrás do Corinthians?

Estamos um pouco distantes. Ainda tem bastante partidas pela frente, onde podemos somar pontos, mas sabemos que vai ser bastante difícil, mas continuando com o trabalho que a gente vem fazendo, com os pés no chão, eu acho que a gente pode sonhar sim em ser campeão.

Você jogava no Alavés, um time pequeno. Aqui você joga no Palmeiras, onde precisa propor mais o jogo. Isso também é uma dificuldade ou não?

No Alavés, normalmente, a equipe jogava para não cair. Então, era bastante diferente do Palmeiras. O Palmeiras é uma equipe grande, não dizendo que o Alavés não seja, e briga por título. É totalmente diferente do futebol espanhol, num time como o Alavés, que não é muito conhecido, mas fizemos um bom campeonato lá também. Terminamos em nono, onde muita gente não acreditou no nosso potencial. São treinadores diferentes também. Pellegrino é um treinador argentino, que me ensinou muito, mas Cuca também é um grande treinador que também tem me ensinado muito aqui no Palmeiras.

O Alavés na Série A do Brasileiro ficaria em que posição?

Na minha opinião, quando eu estava lá, era um time que guerreava bastante e lutava muito. Acho que ficaria na mesma posição que ficou no Espanhol. Em nono, lutando para não cair.

O futebol brasileiro te surpreende ou você esperava um nível técnico maior?

Realmente, está me surpreendendo. Eu via pela TV. Nunca tive essa oportunidade de vir jogar no Brasil. Estou realizando um sonho. É um futebol bastante dinâmico, que eu gosto, de lutar, brigar. É um futebol que estou me adaptando um pouco, faltando uns 10% para estar totalmente.

Deyverson já disputou dez jogos e marcou três gols pelo Palmeiras. Tem contrato até julho de 2022.

 


Deyverson custou 5 milhões de euros e foi primeiro pedido de Cuca
Comentários Comente

Alexandre Praetzel

O Palmeiras ficou 50 dias negociando a contratação de Deyverson. O blog apurou que o Verdão pagará cinco milhões de euros pelo atacante brasileiro. Ele assinará por cinco anos.

Deyverson foi o primeiro pedido de Cuca, no seu retorno ao clube. Foi observado em jogos pelo Alavés, no campeonato espanhol e Copa do Rey, quando foi vice-campeão diante do Barcelona. Sua contratação é uma convicção de Cuca e diretoria, pelo estilo veloz e definidor e também por ser canhoto.

Antes da final da Copa do Rey, o técnico do Barcelona, Luiz Enrique, proferiu as seguintes palavras sobre Deyverson.

“Deyverson é um dos atacantes complicados do futebol espanhol por seu nível técnico e físico. É muito bom no jogo aéreo, um lutador nato, continua as jogadas que cria para seu time na segunda bola. Chega muito bem na conclusão, é muito rápido na transição. É um jogador completo, que sempre será complicado de enfrentar”, afirmou, em entrevista coletiva, na ocasião.

A direção do Palmeiras comemorou o fato da contratação não ter vazado e ter sido anunciada primeiramente, no site oficial do clube. Na semana passada, Cuca e Alexandre Mattos se reuniram com vários funcionários da Academia, para discutir o porquê de tantas informações internas estarem vazando para a imprensa.


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>